As mais bandidas do Loona lembraram que são artistas na ótima “Not Friends”

Já tinha um tempo que o Loona não lançava um single bom, né? As parcerias com o Lee Soo Man passearam entre o questionável e o horrível e “Paint The Town” pintou a cidade de cinza e é só uma chatice mesmo. São tempos sombrios para as músicas do grupo, mas talvez a luz no fim do túnel tenha aparecido com “Not Friends”:

“Not Friends” é um single especial do produtor Ryan S. Jhun, um dos compositores onipresentes em grupos da SM e nos grupos de segundo escalão do K-pop, e o novo amiguinho na vida do Loona, sendo o produtor principal do último EP do grupo e também de “Hula Hoop”, uma das músicas do debut japonês das meninas que acontece no próximo dia 15. Apenas Heejin, Jinsoul, Yves e Kim Lip participam da música, com Kim Lip também dando sua canetada na composição, e elas representam as bandidonas que usam armas do exército que financia a BBC e saem atirando por aí, pois gatinhas coreanas que usam armas sempre engaja a fanbase.

Como música, “Not Friends” é uma faixa satisfatória em todos os momentos, sendo uma espécie de Girl Crush mais suave e menos batidão de mina fodona, com o violão conduzindo a coisa toda e vocais simples porém eficazes quando combinados ao som que essa música traz. Em muitos momentos ela me lembra “Get It” do Pristin V, mas mais melódica e menos compromissada em ser um bop memorável, afinal esse é apenas um single especial de uma sub-unit criada especialmente para aquela música. “Not Friends” não tenta ser a música que muda a sua vida, mas consegue agradar todo mundo (Principalmente os que passaram raiva com os últimos comebacks do Loona).

É uma pena que o melhor single do Loona na Coreia em anos seja uma collab avulsa que não deve influenciar em nada a discografia do grupo? É, mas foi muito legal voltar a gostar de um single delas e sentir um pouco daquela energia e ânimo que eu já tive para acompanhar o Loona. “Not Friends” é um single muito gostoso que não tenta reinventar a roda e, mesmo assim, é forte e impactante, que me lembra que o Loona é um grupo que merece o hype que tem. Uma música como essa deve passar longe de futuros comebacks, mas fica a torcida para que o Ryan Jhun consiga infiltrar variações de “Not Friends” dentro dos EPs do Loona.


Siga o Pop Asiático.jpg no twitter e fique por dentro de (quase) todas as novidades desovadas pelas garotas do mês: @popasiaticojpg

3 comentários em “As mais bandidas do Loona lembraram que são artistas na ótima “Not Friends””

  1. Eu adorei? Se não fosse seu post eu não teria ouvido a música, porque vi nos recomendados no ytb e pensei “puf, mais um batidão”.

    Curtir

  2. “Já tinha um tempo que o Loona não lançava um single bom, né?”

    Teve “Star”, que foi uma das melhores músicas do k-pop em 2020. Embora ela não tenha sido exatamente um single…

    Muito boa essa “Not Friends”! Mas confesso que não entendo essa adoração que idols de k-pop parecem ter por armas de fogo… a familícia Bolsonaro ia se sentir em casa vendo esses MVs.

    Bom, tomara que os DOIS singles que elas vão lançar no Japão este mês também sejam ótimos. Lembrando que o single do Jhun vai ter versão alternativa citypop – o que, por um lado, me faz temer que a versão original será mais um girlcrush; por outro, me consola sabendo que pelo menos a versão citypop deve ficar bastante interessante.

    Falando em versões alternativas do LOONA, elas recentemente fizeram uma performance de “So What” em versão rock:

    Curtir

  3. Eu amei a música, e o clipe que ficou genuinamente bom, todas gostosas apoiando o 17, depois daquela COISA que foi PTT.
    Eu só estou segurando a mão das meninas por elas mesmo, porque se fosse pelos últimos comebacks…
    Infelizmente, eu não acho que elas voltarão a ser como eram até o lançamento de Hi High. Se tornaram mais um grupo genérico de k-pop, mas tudo bem, o que resta é aceitar e esperar por músicas boas.

    Curtir

Os comentários estão desativados.