O que (não) aconteceu em 2021: LALISA

Esse ano foi meio movimentado para o BLACKPINK. Não tivemos muita música do grupo em si (Mas até aí em que ano temos muita música delas né…), porém as meninas se mantiveram em destaque com vários desfiles, photoshoots e dois debuts solo: O da Rosé que ninguém fora dos blinks se interessou muito por se tratar de música lenta e o da Lisa, uma integrante bem popular que prometia uma farofa bem crocante para a população por ser a rapper fodona que rima Lisa com Monalisa do BLACKPINK…

… E ela realmente veio com “LALISA”, o farofão crocante que é bem a cara do BLACKPINK lançando, mas a Lisa sozinha consegue transmitir uma personalidade muito marcante e mais memorável que dividindo linhas com outras 3 integrantes. O refrão com “Say LALISA love me” são bem chicletes e a música parece algo completo para mim, com refrão finalizando a música, os versinhos ok e os ganchos que funcionam. Até o break que rola na música . É uma música redondinha e, dentro do que o BLACKPINK se propõe e do que eu esperava da Lisa, é uma música bem legal e eu aproveito mais ela do que todos os singles de mina fodona que o BLACKPINK lançou até hoje.

“LALISA” tinha tudo para ser um grande hit dentro dos blinks e do nicho de gays que só consomem BLACKPINK porque não parece K-pop ou qualquer coisa do tipo, mas acho que ninguém contava que o povo ia preferir a b-side desse debut:

“Money” foi uma música bem aclamada logo no lançamento. Eu lembro da minha bolha aclamando essa música e falando que era bem melhor que “Lalisa”, o que eu discordo completamente (Pois “Money” é terrorismo) mas faz sentido, pois “Money” é uma música ainda mais BLACKPINK. “Money” não é só uma música de mina fodona, tem toda uma estrutura de single do BLACKPINK/Produção do Teddy que dá certo no grupo e deu muito certo aqui. É uma fórmula que eu abomino, mas sou bem minoria nisso.

O resultado disso foi “Money” se tornando viral, com todo mundo dançando a música e, ao invés de dizerem que amavam a Lalisa, estavam mais preocupados em ostentar dollar bills. A música escalou posições ao redor do mundo e dos charts do spotify, alcançando picos que nenhuma solista coreana conseguiu, incluindo ela mesma com o single principal do debut. No acumulado, essa performance tem o mesmo número de visualizações que o MV oficial e a música no Spotify já tem quase o dobro de streams de “Lalisa”, e os números são ainda mais impressionantes lembrando que a YG nem fez muita questão de impulsionar esse viral.

É até injusto falar que “Lalisa” não foi hit já que ela tem bons números no streaming e conseguiu até um debut na Hot 100, mas é inegável que essa música foi engolida pelo sucesso de “Money”. E é uma pena para mim, pois “Lalisa” está tendo uma longevidade na minha playlist que nenhum bate estaca do BLACKPINK teve comigo, mas a minha opinião quase nunca bate com o que o povão quer ouvir, então não posso fazer nada se a nação quis hitar a música ruim do single.


A retrospectiva de 2021 segue com tudo no blog, e você pode acompanhar tudo isso seguindo o Pop Asiático.jpg no twitter: @popasiaticojpg

8 comentários em “O que (não) aconteceu em 2021: LALISA”

  1. Lalisa não é minha preferida, mass, concordo que entre as duas ela é a menos pior. Essa Money é o suco do YG sem esforço nenhum_ desde ritmo, estilo da própria Lisa nisso aí, e letra_

    Curtir

  2. Tô vendo que todos estão se contentando e gostando de money ou lalisa, mas eu não engulo, principalmente vindo da integrante que é vista mundo a fora como a “completa” do grupo. Se eu pudesse eu dava um reset em todos os solos do grupo pq são todos meia bocas, e o “menos pior” falando por ser mais estruturado em melodia/letra é gone da sem sal, seguido de solo da queridinha dos coreanos, mas continuam não sendo dignos da grandiosidade do grupo.

    Curtir

  3. Acho que essa falta de impulso no Money, foi talvez uma tentativa de segurar um pouco a Lisa e não deixar ela ficar maior que o BlackPink. Até lembro se uma situação específica que a Lisa não foi pro EUA, por um motivo bem besta e minimamente estranho. Sinceramente? Se ela tivesse trabalhado mais com money, ela poderia ter ido bemmmm mais longe. Ela tinha a faca e o queijo na mão, nas vai saber quais são essas estratégias da equipe da YG…

    Curtir

    1. Concordo muito com você, a disparidade do sucesso da Lisa solo com o Blackpink é gigantesca. E acho que a YG está com medo dela. Para mim é bobagem, tudo que a lisa toca vira Money entao eu usaria ela para alavancar o grupo.

      Curtir

  4. Não sei se é verdade, mas esse viral da Lisa com Money foi muito por conta do viral da serie Roud 6 que falava sobre dinheiro. Foi um casamento bem interessante no fim das contas.

    Eu gosto das duas, mas escuto mais Money pq ela aparecia em todo lugar, discordo de quem acha o solo dela ruim, acho que ela fez muito bem o trabalho dela com as ferramentas da YG. E, cara a Lisa é uma das idol mais competentes da terceira geração, vamos combinar! Não acho que o sucesso é só pq é uma integrante do blackpink, mas pq ela tem muita presença de palco e o povo paga pau para essa sonoridade ai que nunca cansa, aparentemente.

    No fim, acho incrivel como um solo sem promoções teve tanto sucesso, afinal o solo da Rosé teve um palco com andar em um stage, e mesmo assim flopou frente o viral da lisa. O fato de ser só do BP não justiica o sucesso da Lisa.

    Curtir

  5. Mudando de assunto, alguém pode me explicar as gerações do kpop, pq de repente todos falam que começou a 4 geração, mais eu jurava que estávamos na 6° ou 7°

    Curtir

    1. 1a geração: final dos anos 90, comecinho dos anos 2000.
      2a geração: metade dos anos 2000 até o começo da década 2010.
      3a geração: começo da década de 2010 até 2018.
      4a geração: 2018 até não sei quando.
      Essas mudanças não são tão claras e acontecem gradativamente então não tem uma resposta “exata”.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Sempre contei assim
        1geracao, 96 a 2000
        2 geração 2001 a 2007
        3 geração 2008 até mais ou menos 2014.(principalmente porque era comum a piada de que todos os grupos 3 geração se esfarelou)
        4 geração fim de 2014 até mais ou menos 2018

        Aí iniciava uma nova geração.

        Existe um mama se não me engano em que o twice o Redvelvet, gfriend e lovelez fizeram units incríveis.
        O engraçado é que só consigo usar gilgrups para dividir o kpop, os macho me irritam.

        Nessa divisão a JYJ e a SM ficaram com um grande nome em cada geração. No casa da SM até na 1°.
        SES
        Girls Generation
        Fx
        Red Velvet
        E as Mortas do Aespa

        Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: