BTS, com a “ajuda” da Halsey, entrega o melhor single do grupo em tempos com “Boy With Luv”

Seguindo com a missão de explorar ícones da cultura negra para obter sucesso ao redor do mundo, BTS convidou Halsey para participar do mais novo comeback do grupo com “Boy With Luv”. A parceria, inusitada até certo ponto, rendeu vários pontos positivos comigo, embora não seja aquele hino inovador e quebrador de tabus que fanbase vai tentar fazer acontecer na sua timeline:

O principal ponto desse comeback é o quão, digamos, suficiente ele é. Todos sabemos das apostas em conceitos minimalistas, mensagens subliminares e enredos repletos de referências do BTS, onde eles exageram demais e os vídeos acabam não indo a lugar nenhum. Então GRAÇAS A DEUS veio um MV apostando em estética e coreografia (Não que isso impeça a fanbase de criar teorias malucas linkando esse MV a qualquer coisa de início de carreira deles ou algo assim), bem colorido e com cenários bem bonitos. O MV acaba com todo mundo dançando bem felizinho, o que já é o bastante e combina não só com a faixa, mas com toda a vibe do comeback em si.

A música também é boa o bastante, na maior parte do tempo. Até o primeiro refrão é tudo bem gostosinho e redondinho, lembra qualquer pop que bateria ponto no Top 40 das rádios e tal, sem tentar reinventar a roda com um instrumental agradável e bem leve, sem a carga dramática de quase sempre. Os versos são bons e o primeiro refrão é bem qualquer coisa mas não ofende também. Aí começa o rap dos dois carinhas ali e… Simplesmente não. Entendo que a rap line do BTS é grande e não dá pra concentrar tudo em uma bridge pós refrão, mas não, essas vozes que eles fazem não combinam com a música e são irritantes de ouvir, matando o resto da faixa comigo. Por sorte a bridge é só do rap monstro e ele faz dar certo lá, mas aí acabou não sobrando espaço pra fazer algo de relevante na música (Parece que no álbum ela canta alguma coisa mas não vou ouvir por agora), o que deixou ela só existindo mesmo. No geral tem alguns problemas típicos de boygroup, mas ainda é uma faixa legal para um boygroup (O que é um avanço do BTS comigo).

Levando em conta o trecho vazado que eu ouvi, eu esperava coisa melhor que eu acharia a melhor deles na carreira (Não bateu One More Day pra mim), mas se tratando de BTS, poderia ser bem pior. “Boy With Luv” funciona por não tentar demais e entregar uma música agradável e divertida, mas tem alguns vícios do grupo que acabam diminuindo a experiência comigo. “Boy With Luv” não tenta ser uma signature song do BTS, mas o fato de só fazer uma música pop para as massas sem muita pretensão ou pedantismo já é algo mais interessante do que a média geral do grupo.

6 comentários em “BTS, com a “ajuda” da Halsey, entrega o melhor single do grupo em tempos com “Boy With Luv””

  1. Achei mt b-side. Bem fraca. E a Halsey não se integrou mt bem… parecia só uma artista ocidental com o BTS por ele exitar no mercado americano.

    Curtir

  2. mano juro que quando fui ouvir, aí o jimin começou a cantar JURO que achei que era a halsey (não sei se isso é um elogio ou ofensa) HAHAHAHAHAHA

    Curtir

  3. Nunca achei que eu iria dizer algo assim, fanficqueiro do jeito que eu sou, mas ainda bem que não tivemos grandes teorias pra variar um pouco xD E, apesar de ser uma celebridade meio x, até que a dancinha da Halsey ficou legal no clipe kkk

    O Aquário Hipster já fez sua análise de Boy with Luv e, assim como a Saga do Loonaverso, resolveu escrever uma fanfic enquanto vai resenhando cada música do EP!! (Mas nada que envolva seres místicos e realidades paralelas desta vez kk) Com o bônus de que o blog sorteará um álbum Map Of Soul: Persona!! Quer conhecer a fanfic?? Quer participar do sorteio?? É só dar uma olhada lá 😉🐠 https://aquariohipster.wordpress.com/2019/04/12/review-fanfic-bts-feat-halsey-boy-with-luv/

    Curtido por 1 pessoa

  4. Até a parceria com a Nicki Minaj em Idol teve mais impacto que a da Halsey. Ainda não consigo opiniar porque preciso ouvir o álbum ainda.
    Mas a title é ok e só isso.

    Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.