Rocket Punch derrapa feio com a amarga “JUICY”

Vamos deixar uma coisa clara aqui: Eu adoro o Rocket Punch, acho um dos grupos novos mais interessantes e também a melhor coisa que o Produce 48 desovou até agora. “BOUNCY” se tornou um dos meu vícios com o tempo e segue sendo um dos destaques de 2020, me deixando animado com elas entrando para o front de comebacks de verão desse ano com seu 3° EP. Mas aí elas me lançam “JUICY” e… Puts:

Gosto muito da Woollim dar essa personalidade mais bagunceira para o Rocket Punch pois, além de servir como um oposto ao que o Lovelyz costuma entregar, combina bem com as músicas mais agitadas e com notas mais altas que a gente normalmente associa ao que o ITZY lança e consegue fazer sucesso (E só elas, também). E os singles do Rocket Punch costumam ser farofadas ainda melhores, que parecem too much numa primeira ouvida mas que descem tranquilamente na minha playlist, o que aumenta ainda mais o meu favoritismo pelo grupo. Mas as coisas não foram tão boas assim para “JUICY”.

“JUICY” tem 2 problemas principais para mim. O primeiro é esse instrumental que não tenta ir muito longe, onde parece que os produtores tentaram entregar uma música forte com poucos elementos. Soa meio vazio, especialmente para um single que veio depois de “Bouncy”, mas se fosse só isso eu me importaria mais em fazer a música acontecer (Foi assim que eu fiz “BIM BAM BUM” vingar na minha playlist). E é aí que vem o segundo problema: A música fica numa mesma nota que passeia entre o chato e o irritante, tanto pelo instrumental (Chega um ponto em que a guitarrinha dominante da música enche o saco) quanto pelas partes que deveriam ser a chave para grudar a música no ouvinte. Ou seja, o refrão não é memorável e os “jux jux jux jux” (Juicy juicy juicy juicy) só irritam, fazendo de “JUICY” uma das tentativas mais fracas desse verão coreano.

A magia do farofão bagaceiro e barulhento ainda existe nesse comeback do Rocket Punch, mas a execução de “JUICY” foi feita de um jeito que todo esse barulho e bagunça não dessem a volta por cima e se transformassem em um bop. Foi um suquinho bem amargo de provar e morre antes mesmo do verão coreano acabar, mas isso não abala o interesse que tenho no Rocket Punch pois, sem essa limitação de single para a estação, elas já me provaram ir muito além.


Hidden gem: THE THE

O BLUE PUNCH não é um EP tão forte quanto o RED PUNCH (Até quando essa série de socos coloridos dura, hein?), mas tem bons acertos pela tracklist. “THE THE” não é a música que eu usaria como single de verão delas (“Summer Punch!” combina mais com o que o grupo vem lançando), mas é aquela faixa funky que é impossível nao gostar. É tudo bem gostosinho na música, o refrão é ótimo e a energia lá em cima ficou perfeita para fechar o EP. Essa linha funky/retrô é uma linha interessante para o Rocket Punch seguir numa futura mudança de imagem mas, por enquanto, eu só quero viver até elas entregarem uma sucessora de “BOUNCY” mesmo.

6 comentários em “Rocket Punch derrapa feio com a amarga “JUICY””

  1. Sério que tu gostou delas? Achei esse grupo tão morno, só não é tão porque tem outros…
    PS. Que nome feio desse fandom, deveria ter colocado logo catchup 😐

    Curtir

  2. O que ta acontecendo nesse verão com a Coreia?
    Ficou nas mãos do April lançar uma farofada veranesca, ja no inicio do segundo tempo do verão.
    Os atos mais populares estão lançando faixas mornas emulando blogueiras cool e trendy, ou então darks e pirigóticas sendo lésbicas e ou satanistas.
    A nuguzada lançando faixas inespecíficas

    Hyolyn mulher, faça alguma coisa, pq seu legado esse ano está bem mal das pernas.
    Coloca um biquíni, vai na piscina do condomínio e pede pra alguém gravar no Iphone mesmo, se até a Gaga fez isso e nem queimou a cara, você tbm pode.
    A gente fala que é conceito.

    Curtir

    1. “Os atos mais populares estão lançando faixas mornas emulando blogueiras cool e trendy, ou então darks e pirigóticas sendo lésbicas e ou satanistas.” Pois é, pareceu mais um copia e cola.
      April foi o único que melhorou as coisas, infelizmente não vão levar o win que merecem.
      Saudades conceito especial de verão.

      Curtir

  3. Eu adoro o Rocket Punch, mas achei essa música bem sem graça também, pra mim pareceu até uma música destinada a crianças, tanto o MV como a música, ela simplesmente não consegue me instigar a ouvi-la. Espero que a Woolin veja a cagada que fez com o Blue Punch e retome ao caminho do Pink e Red Punch e se mantenha longe do conceito do Lovelyz.

    Cherry Bullet o comeback de verão foi bem fraco tb. O do (g) Idle tem uma parte legalzinha na música, mas aí entra aquela parte tribal da música que fode todo o resto, além do grupo ser overrated d+ pro meu gosto.

    Falaram do April aqui nos coments e sinceramente, o comeback de verão delas deveria ter sido a b-side do album Da Capo, Oops i’m sorry, do comeback de abril delas, bem melhor que Now or never e Lalalilala

    E como disseram já aí, esse verão não tá com uma música boa, estou no aguardo pra ver se o Itzy ou Dreamcatcher vão mudar alguma coisa nos próximos dias.

    Eu não sou o típico fã de kpop que engole tudo que seus grupos favoritos lançam e acham estar uma maravilha quando não está, eu falo as coisas mesmo haha, desculpa aí se alguém não gostou.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s