aespa prometeu inovação e entregou o mesmo tryhard triste de todo mundo com “Black Mamba”

Depois de serem acusadas de plagiar K/DA, Hatsune Miku, Kalen Anzai, algum designer alemão, alguma timeline do Pinterest, a Lu da Magalu, Gustavo Lima e VOCÊ, aespa já estava na boca da galera e pronto para debutar com “Black Mamba”. Eu nem me preocupo com todas as notinhas do naver falando que o aespa já copiou mais trabalhos numa música do que a Lee Hyori no H-Logic porque a SM sempre dá um jeito de transformar isso em marketing positivo (Um grupo mais fundo de quintal já estaria amargando o flop), então vamos só focar no fato de como “Black Mamba” é… Triste:

Quer dizer, eu esperava coisa BEM pior. Esperava um pancadão que tentasse de fato soar único e inovador tal como uma produção horrorosa do Teddy, uns ruídos estranhos e umas panelas estourando no chão ou qualquer coisa feita pra dar dor de cabeça numa primeira ouvida, e a SM deixaria tudo AINDA PIOR (Já ouviram as do NCT nesse estilo? É, pois é). Mas o que eu recebi foi o mesmo tryhard de mina fodona que qualquer grupo de segundo escalão desova por aí. Pelo menos o que eu senti ouvindo foi que qualquer grupo de segundo escalão consegue lançar uma música dessas, e para um aespa que surgiu recheado de promessas como se fosse a reinvenção do K-pop, a música acaba sendo insuficiente para o grupo.

O instrumental me lembrou aquela da Iggy Azalea com a Rita Ora só que com muito mais elementos por cima (o que acaba deixando tudo uma bagunça), e o auge dele é no refrão-que-não-é-bem-refrão, onde pelo menos é só o batidão rodando e empolga de alguma forma, diferente do resto da música que me dá aquela sensação estranha e de “Nossa, de novo isso?” e acabo levando no automático. E isso fica ainda mais estranho quando a gente lê a letra, numa mistura toda desconjuntada de temas, misturando empoderamento, garotas gostosas e a realidade virtual do conceito do grupo de um jeito que não fez o menor sentido. Apesar de tudo, sinto que essa música seria mais passável se o Lee Soo Man não tivesse aberto a boca pra soltar mundos e fundos em cima desse grupo.

“Black Mamba” está longe de ser o pior debut do K-pop nesse ano, mas deixa o aespa como um grupo com muitas promessas a serem cumpridas. Óbvio que não dava pra cumprir todas as expectativas que o Lee Soo Man fez a gente botar no grupo em um único digital single, mas até pra levar esse debut como uma prévia do que está por vir essa música não empolga, porque é como se não tivessem mostrado nada do que estavam falando. O jeito é esperar ver como o aespa e toda a ideia em cima delas e dos avatares vai ser desenvolvida, mas “Black Mamba” é o que eu já temia acontecendo: Focaram tanto em promover o grupo como a coisa mais quente do K-pop que esqueceram de trazer uma música memorável junto.

28 comentários em “aespa prometeu inovação e entregou o mesmo tryhard triste de todo mundo com “Black Mamba””

  1. SIM! E eu achei a música bem esquecível, ela não me impactou de uma forma boa e nem de uma forma ruim. E só mostraram a Karina no MV inteiro. Sei lá, eu achei meio bagunçado… Terminei o MV pensando: cadê a inovação? Quero ver ainda a dinâmica dos avatares, e ainda tem essa teoria do tal do SMCU, enfiaram até a BoA no fim do MV (dizem que em todos os lançamentos sempre haverá um spoiler do próximo)

    Curtir

  2. Uma pena. É um grupo que tem muito potencial, e podiam ter dado pra elas um descarte do SNSD ou do f(x) que já estaria aceitável, mas vieram com uma música que qualquer girlgroup em 2020 lançaria. Obrigado por matar a diversidade no k-pop, BlackPink.

    O lado bom é que o aespa já está fazendo muito sucesso mesmo assim, o que significa que o Lee SooMan deve se dedicar a elas inteiramente e abandonar o LOONA – com isso, as doze devem voltar ao ostracismo, mas também devem voltar a ter um repertório mais inspirado nos próximos comebacks.

    Curtir

  3. No final eu gostei da música, mas realmente, nada de inovador ou diferente do que qualquer girlgroup 101 poderia ter lançado.
    Achei que faltou uma personalidade para o grupo, não consegui identificar o que elas “são”.
    Já colocaram a Karina pra ser o centro de tudo, tipo, pra um grupo pequeno desses, deveriam investir mais em dividir highlight entre todas, renderia mais ter 4 idols reconhecidas do que uma suprema faz tudo e suas 3 amigas.
    SM como sempre, prometendo muito e não fazendo nada, uma pena que Big3 acaba tendo passe livre…

    Curtir

  4. Será que só eu tenho a sensação que 90% dos rookies desse ano estão lançando quase a mesma coisa? Ou talvez seja só uma impressão errônea minha…

    Eu até gostei do clipe (apesar de muitos terem achado muita poluição visual), e a única parte que eu curti mesmo foi aquele “yah, yah, yah” do refrão. E realmente deixou a desejar bastante pelo hype criado, tenho a impressão que elas vão ter um comeback logo em seguida pra dar uma avançada nesse conceito. Porém espero que elas caminhem pra outra direção sonoramente, porque sinceramente eu gosto bastante das músicas que a SM produz pra os ggs e eles podem fazer algo BEM, mas MUITO melhor que isso.

    Curtir

  5. “Depois de serem acusadas de plagiar K/DA, Hatsune Miku, Kalen Anzai, algum designer alemão, alguma timeline do Pinterest, a Lu da Magalu, Gustavo Lima e VOCÊ”
    Ai, eu n aguento 🤣🤣🤣🤣

    O aespa decepcionou nesse debut por conta das altas promessas e super expectativas em relação ao que estavam produzindo (dá pra ver isso na letra da música. É praticamente elas falando sobre o conceito sem de fato apresentar ele ao público de forma visual… ou seja, não mostraram nada das bonequinhas poxa kkkkk)

    Tava achando que os avatares tbm participariam, tanto do mv quanto na música em sí (a SM me quebrou. Nem parece a empresa que desovou o Red Velvet e afins.)

    Pior que nem pelo visual elas conseguem ser muito memoráveis. Aaah queria conceito nesse babado.

    Curtir

  6. eu não tinha expectativas porque sei como funciona a sm – e olha que eu espero esse grupo sair desde que virei rata da sm em 2017 – e gostei. acho que black mamba tem a mesma coisa que happiness (música que ninguem se lembra da existência depois de um tempo) tem e provável que as coisas melhorem como aconteceu com red velvet já que até rumor de enfiaram mais meninas no grupo tá rodando pela internet.

    Curtir

  7. Assim né, não prometeram nada inovador musicalmente não né. A SM parece que não sabe fazer música de debut, todas são uma bosta, inclusive a insossa ITNW, a única exceção é Replay do SHINEE. Me lembrou muito Happiness, não me horrorizou e nem me empolgou, mas eu acho que a SM melhora nos proximos comebacks(eu espero), os ggs dela musicalmente raramente me decepcionam.
    Só desejo bem muito sucesso pro aespa porque essa caça as bruxas ás meninas ta me deixando full pistola e olhe que nem stan delas eu sou.

    Curtir

  8. Uma bola que era cantada desde a apresentação esquisita de avatar e aquelas coisas todas. Tudo uma bagunça, a mesma coisa de sempre que outros 252648 grupos entregam. Nada chamativo, a música é tão ruim que não tenho a mínima vontade de ouvir de novo, não tem nada que te prenda para ouvir novamente, nada. O mv parece totalmente bagunçado e colorido demais, confuso.
    Ainda bem que abaixei a bola, mesmo tendo simpatia por Giselle_ já que pelo que indica ai, vai ser a jogada de escanteio pelo quarteto_

    Curtir

  9. SM desde one do superM aderiu mesmo esse universo marvel de interligar os MV’s de diferentes atos né?
    Sobre as gatinhas, como não esperava muito entao tá ok nada demais sobre o mv/música acho que poderia ser pior inclusive.
    Como todo grupo da SM essa é a melhor hora de se acompanhar mesmo, os quatro (com sorte os cinco) primeiros anos são sempre um evento entao acredito que muita coisa interessante pode render, ficarei atenta nos próximos lançamentos.
    Ps: Kai fez escola mesmo, a SM nem faz mais questão de disfarçar seus favoritos pós debut do EXO.

    Curtir

  10. Bom tirando ITNW que é uma revolução a parte nenhum debut da SM é tão bom assim
    Lachata é superestimada e hapiness continua sendo a pior coisa da carreira de red Velvet
    Nem preciso falar nct e exo. Então considerado esses parâmetros o debut do aespa é OK!

    Curtir

  11. ITNW era o pior ato do SNSD até se tornar hino de manifestações sem duvidas superestimadissima assim como 70% da discografia delas hoje em dia
    Replay invicto segue sendo o melhor ato de debut

    Curtir

  12. Gente, debut bom foi de Bling Bling, o novo girl group desconhecido no meio dos 101, porém vieram com todo o funk brasileiro nas costas!! Já amei!! Aespa who??

    Curtir

  13. O Debut do Bling Bling com um funkezão foi mais surpreendente e memorável. Aespa prometeu demais, e já vimos que Karina será a Irene do grupo Karina e as outras.

    Curtir

  14. Parece que todo debut de gg esse ano é alguma música descartada do blackpink, me lembrou aquela época que o fulano q escreveu boomboom usou a mesma sample que umas trezentas músicas e as momoland saíram como plagiadoras kkkk enfim depois que a sm pagou por um monte de matérias falsas sobre a Karina as expectativas estavam grande, eu esperava mais aparições das robôs e eu nem lembro da cara das outras três, na minha cabeça ambas estavam loiras e só apareceram por uns três segundos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s