Momoland lança o comeback menos “Bboom Bboom” do grupo com “Ready Or Not”

Momoland está de volta com seu terceiro single de 2020 (“Thumbs Up” é de 30 de dezembro, dá pra fingir de boas que é desse ano), “Ready Or Not”. Quem ainda acompanha as lendas mais de perto sabe que rolaram muitas mudanças desde “Thumbs Up”, e tem muita coisa nova envolvendo o grupo e esse comeback, então era natural esperar uma mudança (Mesmo que mínima) do que o grupo costuma lançar. Pois então, “Ready Or Not” chegou hoje e essa mudança realmente aconteceu, sendo ela boa ou não:

“Ready Or Not” é o primeiro comeback do Momoland desde que investiram 5 milhões de dólares no grupo, além de contar com o PSY na composição e produtores ocidentais na produção da música, então é natural que a música seja menos agarrada na demo de “Bboom Bboom” do que os últimos 3 comebacks delas. Se tirarmos “Starry Night” que é um single especial e não um comeback de fato, aqui temos o Momoland finalmente mudando o disco e seguindo em frente com sua sonoridade. Não é aquela mudança 180º e de repente elas começaram a bater cu no chão, mas segue na linha teen pop leve e chiclete que o pessoal meio que se identifica com o grupo lançando, servindo como um próximo passo ao que deu relevância pro grupo.

Acho que tem duas coisas que não funcionam tão bem nessa faixa: 1º é que o gancho dessa faixa (“Ready or not ready or not with that pow pow pow”) não é tão forte (Não de cara, pelo menos), e o 2º é esse sax louco que vem junto e deixa tudo ainda mais estranho. Essa parte era pra ser aquele momento do ápice da faixa, onde eu liberaria toda a minha energia dançando loucamente a música, mas não me empolguei com esse gancho e isso dá uma minada no resultado final. O resto da faixa é muito agradável, o tipo de faixa dançante que um grupo nugu de, sei lá, 2015 lançaria mas meio que não tem espaço hoje em dia, e o Momoland funciona sendo esse grupo mais, digamos, “deslocado” da realidade da indústria. E tem o fato de eu simpatizar muito com as periféricas da nação, o que facilita a minha aceitação com a faixa.

O MV é bom também, mas só eu achei que a energia delas está séria demais? Normalmente os MVs do Momoland tem alguma coisa mais tosca, fora da caixa, aquela surpresinha cômica que dá uma cara pro grupo (Seja por elas mesmas ou pela ocasional aparição do Pororo), mas aqui tá tudo polido demais pro grupo. Nada contra essa mudança, elas fazem o certo adotando uma imagem mais fácil pro povão adotar, só acho que não é o que faz o grupo dá certo.

Tipo a JooE que virou A grande gostosa do Momoland (Não sei qual a dieta da gata mas parabéns, deu super certo e ela está com um corpão), mas o que deu a popularidade pra gata é a personalidade de palhacinha que rende altos comerciais de frango frito e programas de variedade, uma coisa que exploravam muito bem nos MVs desde que ela virou o viral da nação mas em “Ready Or Not” isso não brilhou. Mais uma vez, nada contra as mudanças (Que são até necessárias né, o grupo já tá batendo no Top 200 do Melon, tem que tentar algo novo mesmo), só é algo mais notável para quem já acompanha de longa data o grupo (Pelo menos para aqueles que acompanham desde “Bboom Bboom”).

Manu Gavassi tá linda também

“Ready Or Not” é o início de uma nova jornada para o Momoland, que aparenta querer consolidar uma imagem mais forte como girlgroup ao invés de serem eternas MCs Bboom Bboom. É um passo certo, mas ainda tenho que me acostumar com esse “novo” grupo (Além de que a própria música também poderia ser melhor do que foi). De um jeito ou de outro, desejo sorte para as gatinhas, e não vai demorar muito até eu engolir de vez a faixa e sair lavando altas louças com essa música.

7 comentários em “Momoland lança o comeback menos “Bboom Bboom” do grupo com “Ready Or Not””

  1. A frequência do blog tá a mil (e tô adorando isso✌)

    Não tenho o que opinar mesmo. Nem sabia que elas tinham voltado

    Se puder, comenta sobre o debut do gg bling bling (o debut que é mais memorável que o do aespa)

    Curtir

  2. Não gostei, não consigo nem ouvir inteira, é chata. Pra mim Momoland é palhaçada despretensiosa, Jooe sendo divertida, a Nancy sendo a gostosona, uma outra lá berrando no refrão. E eu realmente adorava todas as derivadas de Bboom Bboom, era o grupo que me trazia esse quentinho no coração de música ruim que é boa.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Não, a gravadora que o Bugs! comanda investiu 5 milhões para comprar 33% da MLD Entertainment e investir nas promoções do grupo fora da Coreia (Tanto que a faixa é descrita no melon como um “primeiro passo” do grupo nos Estados Unidos)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s