Top Top.jpg: Outras 10 músicas de 2017 que poderiam viralizar na Coreia em 2021

Estamos vivenciando em 2021 algo inacreditável com o Brave Girls viralizando uma música de 2017 e com 10 anos no limbo. Como não é sempre que um girlgroup nugu quase morto ganha uma nova chance dessas, vamos aproveitar esse momento de ouro e divulgar outros 10 nomes que lançaram bops em 2017 mas não receberam a devida atenção dos coreanos. Sim, esse é mais um post para enaltecer grupos flopados, mas vocês gostam de dar audiência para gatinhas mais periféricas nesse blog, então segue a lista com alguns hinos injustiçados de 2017 que, assim como “Rollin'”, poderiam acontecer em 2021:

10º lugar — Laboum – Hwi Hwi

“Hwi Hwi” pegou uma fama ruim com o público por conta de ter ganhado da IU em um Music Show sem aparecer nos charts coreanos e com vendas suspeitas do álbum, fazendo os netizens esculacharem o grupo por supostamente trapacearem em cima da fodona da Coreia do Sul. Então, como uma espécie de reparação, os coreanos poderiam descobrir que essa música existe e notar que o aegyo aqui é muito gostoso, os assobios são uma graça e a música é dançante e vibrante, dando aquela alegria e boas energias que a gente precisa nesse mundo de caos. Uma música que traz a paz no mundo, e que a Coreia poderia fazer acontecer.

9º lugar — Hello Venus – Mysterious

Mantendo a linha dos assobios mas indo pelo conceito de gostosonas color coded, Hello Venus cantou pra subir em 2017 com “Mysterious”, um popzão básico porém delicioso que só girlgroup de 4º escalão que compra demos na promoção pode oferecer. “Mysterious” não é a maior rampeiragem da vida do Hello Venus, mas agraciou os meus ouvidos lá em 2017 e envelheceu como um bom vinho hoje em dia. Os “Mysterious, mys-te-ri-ous” e “So curious, so-cu-ri-ous” são viciantes e tem algo nessa música que mistura o sexy com o descompromissado e cria uma faixa extremamente cativante. Um pop simples, mas de qualidade.

8º lugar — Nine Muses – Love City

Outro “último single” do K-pop nessa lista (Entre aspas pois o grupo teve uma baladinha oficial de despedida), a última farofa do 9MUSES já mostrava que as gatinhas estavam na pindaíba e a Star Empire deu 50 reais para elas se virarem… E não só se viraram como entregaram essa crocância acima. “Love City” é o tipo de música que não poderia ter uma produção mais refinada, mas ainda é uma música de fazer carão em buatchy incrível que eu amo de um jeito que qualquer coisa parecida eu deito com gosto. E precisamos de mais farofas de boate The Week de gosto duvidoso no K-pop, só assim para fazer o sul-coreano e o gay de twitter entrarem em harmonia para serem felizes juntos.

7º lugar — SixBomb – Getting Pretty After

A Coreia deveria apreciar gatinhas que dão a vida e o corpo pela sua arte. Tipo, literalmente falando, já que o SixBomb veio com o conceito de cirurgias plásticas e elas literalmente modificaram o rosto quase por completo e botaram silicone nos peitos para lançar essa música bagaceiríssima com elas cantando que estão mais bonitas agora. Tudo isso para elas lucrarem duas garrafinhas de Soju com essa música, o que eu acho muito injusto. Por mim os coreanos transformavam essa música numa crítica social FODA sobre os padrões de beleza no mundo e transformavam o SixBomb nos ícones do empoderamento, botando “Become Prettier After” no topo dos charts e dando uma carreira para as gatinhas que apanharam mais que Jesus em vida.

6º lugar — Sonamoo – I (Knew It)

Lembram do Sonamoo? Não? Pois nem eu lembrava. Mas aí apareceu “I (knew it)” nos recomendados um dia desses e, nossa, como essa música é boa né. As gatinhas foram um dos primeiros grupos a reforçar sua latinidade nesse batidão meets pop latino, além dos “ai ai ai” que aparecem na música inteira serem de um duplo sentido glorioso, funcionando tanto com elas lamentando alguma coisa como com um gemidão. Acho que na época eu acreditei que seria o momento delas acontecerem, mas se tem uma coisa que a gente está vendo é que nunca é tarde para hitar uma farofa safadíssima como essa aqui.

5º lugar — Vivi – Everyday I Love You (feat. Haseul)

Falar de 2017 sem fazer uma mençãozinha aos 12 solos do Loona que foram prometidos para serem lançados em 12 meses (E que levaram quase 2 anos para cumprir) seria um crime, eu acho. Porém, ao invés de partir para o óbvio com as mais aclamadinhas desse projeto, resolvi escolher “Everyday I Love You” por ser aquilo que é a trend do K-pop hoje em dia: Um synthpop retrô que todo act fofo e adorável na Coreia vem lançando. Quem sabe o barulhinho que o Loona faz hoje em dia faça os coreanos verem esse projeto inteiro e vejam “Everyday I Love You” com carinho e façam a Vivi se tornar a nova it girl deles. Difícil, mas não custa sonhar.

4º lugar — Pocket Girls – Oppa Is A Trash

Farofa de 2017 é a oportunidade de divulgar elas, as queridinhas da blogosfera de fundo de quintal (Quando ainda eram vivas): Pocket Girls lançou essa trasheira maravilhosa sobre o Oppa ser um lixo depois de passarem por 412 saídas e entradas de integrantes, num verdadeiro ato de resistência a indústria tal como a história do Brave Girls. Isso daqui é o suco da farofa de gostosona, com o batidão feito apenas para quicar os e alisar o corpo mostrando que SIM, elas são gostosas demais para você. Coreografia exótica, efeitos especiais caríssimos e o aluguel desse hotel num dos dias mais nublados que um MV de K-pop já viu formam um trabalho imbatível. Os coreanos deviam dar uma chance pela coragem, e os apreciadores de nugu pela qualidade.

3º lugar — Laysha – Pink Label

Se “Oppa is a Trash” não foi para o seu gosto refinadíssimo para o K-pop, “Pink Label” do LAYSHA talvez seja o que vai salvar o seu dia sendo tudo que as Pocket Girls são mas com um pouco mais de classe e sofisticação. É sério, a fanbase devia se levar menos a sério para apreciar músicas feitas apenas para se divertir e adquirir uma lordose com o tanto que você empina seu popozão rebolando ao som dessa aqui. Esse batidão misturando 4 músicas diferentes de alguma forma funciona para se transformar numa gloriosa, então se a fanbase chama “I Got A Boy” de “Bohemian Rhapsody coreana”, eu posso torcer para que a Coreia note o Laysha e vingue a real melhor farofa esquizofrênica em forma de música no K-pop.

2º lugar — MiSO -Pink Lady

A maior rapper da história da Coreia segundo as minhas fontes, MiSO merecia mais reconhecimento por suas farofas sobre balançar a bunda e fazer aniversário de cabelo rosa. E em “Pink Lady” ninguém estava acima dela, pois só grandes artistas conseguriam transformar uma produção tão simples em um BOP provocativo, sensual e poderoso. E se a gente pensar que tudo isso foi feito com 40 reais e papel crepom deixa a coisa ainda melhor, mostrando que investimento e atenção era tudo que a MiSO precisava para se tornar a maior rapper que já tivemos no K-pop. E agora que a Jimin do AOA aposentou, está aí a oportunidade da Coreia se redimir com uma das grandes rappers da cena.

1º lugar — Melody Day – Kiss On The Lips

Nossa, como o Melody Day foi roubado aqui né. A ousadia do Melody day lançar um reggae de verão em PLENO INVERNO COREANO foi justamente para nós, brasileiros, acordarmos para as meninas e pagar as marmitex delas com streams e views, assim a Coreia notaria a crescente delas e, no verão deles de 2017, lembrariam de ouvir essa música e transformar no smash hit que elas mereciam. “Kiss On The Lips” foi uma música arquitetada para ser um sleeper hit, e o Melody Day não se transformar no girlgroup do milênio em 2017 foi uma falha tanto dos coreanos quanto de nós brazucas. Então deixo aqui a missão de fazer “Kiss On The Lips” acontecer nesse final de verão para chamar a atenção dos coreanos e aquecer o smash por lá em junho, pois temos que aproveitar qualquer chance que eles estão dando para girlgroup nugu.

9 comentários em “Top Top.jpg: Outras 10 músicas de 2017 que poderiam viralizar na Coreia em 2021”

  1. Putz, Oppa is trash é a cara do Sunmer Eletrohits lá de 2012, 2013. ia hitar em uma coletânea assim.

    Tenho certeza que se Love CITY fosse de qualquer outro grupo maior, seria um hit.

    Curtir

  2. Mysterious é gostosinha mesmo e eu tenho OPINIÕES: 1. Elas são muito gatas (e altas)! 2. Eun Woo fazendo um cameo quando ainda era neném, podia quebrar o galho delas e dar aquela divulgada hahaha. 3. MV muito bonito com conceito a lá hotel budapeste. Mereciam mais.

    Curtir

    1. Quanto BOP! Kiss On The Lips eu OUVIA até ontem, né Kakão? Agora vou ter que ficar dando stream no MV (o que deve até ajudar elas, na vdd kk)

      O que é uma I Got A Boy perto de uma Pink Label gente kk Pink Label maior e melhor

      Curtido por 1 pessoa

  3. Sim, sempre torcemos para os grupos que gastam um caldo de cano e pastel sem grandes produções.
    A paz tomaria conta de meu corpo se a Coreia visse Love City, e fico mais feliz ainda em saber que tem pessoas que gostam. Sério, eu escuto até hoje! ❤
    E poxa, o Laboum merecia também né? A galera lá pegou no pé delas com isso e com o fato de uma das lindas falar diretamente com um dos manos do BTS, e quase que jogaram numa fogueira porque a linda tinha que se curvar e falar com ~respeito. E saco que até HOJE quando tu pesquisa sobre elas tem essa “polêmica”.
    PS. Não lembrava do Sonamoo também…gente…

    Curtir

    1. tu não lembra, e nem a ts também HAHHAHAHAHHAH só queria saber se a empresa fechou as portas de vez (pq os grupos e a única atriz que tinha caiu fora….)

      Curtir

  4. Sonamoo é um grupo que faz parte da classificação (Vaca-moo)
    Que lançaram uma musica, bem fraquinha, pra um jogo e morrerem. No clipe mal tem coreo. Triste.

    Curtir

Os comentários estão desativados.