SHINee lança “Atlantis” para a fanbase não precisar mais fingir que “Don’t Call Me” é boa

Depois de lançar um dos singles mais questionáveis da carreira (Eu falo questionável pois todo mundo devia concordar que aquilo tá ruim pro SHINee mas né…) e fazer um sucesso considerável na Coreia com “Don’t Call Me”, SHINee relançou hoje seu 7º álbum de estúdio com o nome “Atlantis”. A faixa título também é a principal desse comeback, e o upgrade foi grande aqui:

Quando o baixo entra logo na intro dando aquele swing que todo mundo gosta, eu já sabia o que viria pela frente. E a partir daí só precisava aproveitar: Os vocais estão on point com a música, o desenvolvimento e as mudanças que rolam durante a faixa são emocionantes e o refrão tem uma intensidade a mais que deixa “Atlantis” ainda mais forte. Não é a faixa mais inventiva se tratando de SHINee, mas o arroz com feijão deles ainda é muito melhor que muito prato principal por aí.

A única coisa que me incomoda nesses primeiros plays são esses “deep deep deep” que ainda não desceram pra mim (É um gancho meio “hum… ok”, poderia ser melhor), mas todo o resto é muito bom. “Atlantis” tem energia, tem atitude, me dá vontade de dançar e cantar junto com eles, trazendo uma atmosfera muito boa para mim. Essa música me dá energia do início ao fim, e não fico satisfeito e boto para repetir. Detalhes acabam sendo detalhes, e “Atlantis” tem tudo para virar a faixa mais marcante deles na minha playlist desde “Married To The Music”.

“Atlantis” é algo com mais personalidade e mais, digamos, “feito” para o SHINee. Se “Don’t Call Me” é só o SHINee sendo vítima da SM botando esses traps do NCT para seus atos mais velhos soarem mais descolados, “Atlantis” traz de volta o bom e velho funky style que o SHINee faz de melhor (E que bate ponto em boa parte desse álbum também). Até o MV mais lúdico e criativo com eles vendendo erva no mercado e indo parar em Atlântida combina muito bem com eles. Não existe um estranhamento assistindo/ouvindo “Atlantis”, pois é um single que traz todo o impacto e atitude que a SM quer vender sem fazer com que o SHINee pareça qualquer outro grupo que não seja o SHINee.


Hidden gem: Area

Esse relançamento do SHINee conta com outras duas faixas inéditas, “Area” e “Days and Years”. A segunda é um fillerzinho que não faz nada por ninguém, mas “Area” é uma faixa interessante que vale a pena dar destaque. Esse instrumental R&B mais limpo e melancólico é hipnotizante, onde me deixo levar facilmente pela melodia suave e os vocais gostosíssimos dos integrantes. Tem algo nessa música que me faz lembrar algumas album tracks do Brown Eyed Girls, e isso é muito bom para eles também. “Area” é uma música que me faz viajar nos meus pensamentos de uma forma muito louca, o que torna essa música tão marcante.

8 comentários em “SHINee lança “Atlantis” para a fanbase não precisar mais fingir que “Don’t Call Me” é boa”

  1. Agora sim! Tá vendo sm como não é difícil arranjar uma música boa?
    Agora sim é a hora da galera jogar o confete, dizer ~shinee is back e tudo mais.
    Adorei essa música, a coreografia tá no ponto e o visual deles tá bem melhor. Eu confesso que coloquei um pézinho atrás, mas assim que vi a capa desse single_ a capa lembra demais a mesma vibe dos álbuns antigos deles ❤ principalmente da época do The Misconceptions of Us_ eu já implorava que a sm não tivesse feito cagada.
    Irei ouvir em looping e depois irei apreciar Area com calma, parece muito boa também.

    Curtir

  2. Depois do trash que foi don`t call me isso e ouro, mas ainda bem basico pro padrao shinee de qualidade porque no fim das contas eu prefiro ouvir view a atlantis. Mas ainda sim e um respiro pra ve que eles nao perderam tanto assim a mao (e trocaram a estilista, obg).
    Quer dizer, se fosse um 2pm da vida desovando isso ( n se faz mais bg trashzao quando antigamente) eu ia achar incrivel

    Curtir

  3. Finalmente posso parar de escutar Don’t Call Me já que tem single muito melhor pra tocar no lugar! Os “deep deep deep” super funcionaram comigo, achei um chiclete bem gostosinho. Area é incrível e com uma letra mega sensível (o Minho é um letrista muito bom, já escreveu várias músicas do grupo). Vale muitíssimo conferir! Acho muito bonito como eles fazem questão de incluir o Jonghyun em qualquer coisa que eles façam e, embora a gente só consiga ver os quatro fisicamente, eles fazem tudo como cinco.

    Curtir

  4. nossa, vc enlouqueceu, viadinho? oon’t call me é uma das melhores músicas que eles já lançaram, super criativa e selvagem. atlantis é boa, mas é mais do mesmo. bem genérica e ofuscável.

    Curtir

Os comentários estão desativados.