Aproveitem “Pirate” pois não é todo dia que o EVERGLOW lança um farofão bom desses

EVERGLOW tá aí há uns bons 3 anos tentando achar a fritação perfeita para as boates gls. Claro, elas tem “LA DI DA” que é uma das melhores músicas dessa geração, mas o grupo quer é aquele farofão bate cabelo de drag queen bebaça enquanto um monte de gays gritam YASSSSSS SLAAAAAYYYY!!! para as gatinhas, e vimos um monte de coisa altamente questionável (Quando não era horrível) saindo delas por isso (Até as mais aceitáveis envelheceram como leite, pelamor). Porém, hoje elas fizeram seu comeback com “Pirate” e, para a surpresa de todos, elas acertaram em cheio:

Eu fiquei meio espantado com o “refrão” logo de cara delas se introduzindo como piratas e tal, mas aí a música segue e eu descubro que NÃO é o refrão. E o melhor é que a música vai escalando de um jeito que eu não esperava, virando um clubzão crocantíssimo no refrão de verdade que é o melhor da carreira do grupo, aí os “Yes Imma Pirate!” voltam como pós-refrão e eu já estou ali batendo cabelo e fingindo ingerir 18 bebidas que tentam acabar com a minha saúde em qualquer porão mofado transformado em balada de São Paulo. Depois disso “Pirate” já era a maior fritação da história de hoje, então até o fim da música eu já estava vivendo e aclamando o EVERGLOW aqui em casa.

Só quem acompanha o EVERGLOW desde o início sabe a luta que foi para esse grupo achar a farofa perfeita. Elas servem atitude, carisma, personalidade e tudo mais nas músicas, mas a produção era tão questionável que elas acabavam se perdendo e sendo esquecíveis no meio do processo. Em “Pirate” tudo dá tão certo que eu compro até as meninas bancando as piratas fodonas empoderadas aqui. Golpe de sorte? Provavelmente sim, e no próximo comeback elas já voltam a aterrorizar a playlist de vocês por aí, mas isso não importa agora. O que importa é ver que elas CONSEGUIRAM e estão aí com a farofa mais crocante do ano.

Eu não esperava que o K-pop ainda fosse ter gás para entregar uma crocância dessas em pleno dezembro (Ainda mais que a Hyolyn adiou a sucessora de Dally para o ano que vem), e esperava menos ainda que o EVERGLOW fosse entregar tudo para os gays que não gostam de nenhuma fritação do EVERGLOW, mas o mundo é uma caixinha de surpresas né. “Pirate” é uma música que surpreende em cada verso e não dá chance para respirar, pois ela vai mudando e se transformando e ficando cada vez mais empolgante, com cada ouvida deixando ainda melhor. Não é todo dia que o EVERGLOW lança algo tão bom, então vamos aproveitar esse comeback como se fosse o último.


Hidden gem: Don’t Speak

Esse EP novo do EVERGLOW não tem muita coisa que faça muito por mim (Talvez eu ouça com o coração mais aberto depois que eu parar de ficar obcecado por “Pirate”), mas é bem gostosinho de ouvir. E “Don’t Speak” é o destaque das faixas do álbum, pois é o disco pop de girlgroup que todo girlgroup vem lançando e acertando por aí. “Don’t Speak” é uma daquelas músicas que é fácil de gostar por ter uma melodia agradável, vocais agradáveis e uma batida contagiante, então é difícil de errar mesmo. “Nighty Night” também merece uma menção por me lembrar um pop mais girl power que um Little Mix lançaria e é bem fora da curva do grupo, sendo uma delicinha de ouvir também.

Siga o Pop Asiático.jpg no twitter que, assim como o Everglow, é uma das farofas mais questionáveis que vez ou outra solta uns posts bem legais para a fanbase: @popasiaticojpg

12 comentários em “Aproveitem “Pirate” pois não é todo dia que o EVERGLOW lança um farofão bom desses”

  1. Nossa, eu não digeri de primeira essa música justamente por achar que elas lançaram o “refrão” logo no início mas logo estava escutando a segunda, terceira vez e quando vi já estava balançando meus quadris. Por algum motivo essa musica acabou me lembrando de Crush do IOI e da horrível Zimzalabin do Red Velvet.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Nossa sim, inclusive Crush é uma das minhas músicas favoritas, top 2 do meu Spotify Wrapped de 2021. Depois que ouvi Pirate só fiz jogar essa na sequência pra lacrar no chuveiro

      Curtir

  2. Eu deitei muito para essa música, tem tudo, e elas estão realmente ótimas. Tanto na coleografias, música e visuais. Não entendo pq esse grupo vive flopando, quem sabe se dessa vez o sucesso não vem né.

    Curtir

  3. Gente eu devo ter virado uma cacura bem amarga mesmo pq achei essa música bem méh. La di da continua sendo a melhor delas pra mim.

    Curtir

  4. É assim que “Next Level” ou “I Got A Boy” da vida deveriam ser estruturadas, ficou tão fluído a montagem que eu confundi achando que era o refrão e vinha outro. Um estranho que aumenta o nível.
    O pré “we can be anything, anything” ficou perfeito! Deviam ter repetido o “di-da-dam-dam” do início no fechamento, fiquei esperando haha!

    Curtir

  5. Nossa como eu discordo do texto. “Só quem acompanha o EVERGLOW desde o início sabe a luta que foi para esse grupo achar a farofa perfeita.”
    Ahm… elas acertaram em cheio em todos os singles e só fizeram crescer. Duvido que o objetivo era acertar em farofa, e sim acertar. E elas fizeram isso desde 2019.

    Curtir

    1. Eu acho q o Everglow nunca flopou, desde o debut elas causaram, so tem comeback bom (first é mais ou menos) e o orçamento do grupo sempre foi alto nas produções… E essa música ta muito boaaa

      Curtir

  6. Gostei da música, me lembra crush do ioi. E Im not yours da Jolin Tsai principalmente nos versus mais melódicos. Junto com lá di da vai ficar no meu top de kpop.

    E é impressão minha e eles desistiram um pouco da Yiren e estão tendo mais destaque para a Sihyeon e para a Aisha. Parece que até na parte de distribuição de linha as duas ganharam mais partes.

    Outra coisa engraçada é que toda música do everglow que funciona comigo a Onda canta mais de duas palavras.

    Curtir

  7. Eu gosto de todos os lançamentos do everglow, sempre me acabo nos pancadões, e vms de mais um para rechear a playlist do ano

    Curtir

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: