IVE é o 28º girlgroup tentando emplacar um girlcrush nugu esse ano com “ELEVEN”

A Starship debutou hoje seu mais novo girlgroup IVE. O grupo tinha muita expectativa em cima pois, além de serem da empresa que revelou o extremamente bem sucedido SISTAR e o nem tão bem sucedido Cosmic Girls, é o grupo onde as ex-IZ*ONE Yujin e Wonyoung vão viver pelos próximos anos pois a Starship não teve culhões de dar uma carreira solo para elas que nem vem rolando com outras ex-IZ*ONE. E a Starship também não teve muita coragem de escolher uma demo mais ousada para esse debut se analisarmos o que veio com “ELEVEN”:

“ELEVEN” me lembra muito “NINANO” da Minzy, numa versão com mais orçamento pois o IVE está debutando como uma grande aposta de um girlgroup de K-pop enquanto a Minzy tinhas umas roupinhas de brechó e um sonho para fazer seu debut solo acontecer.

Isso não é exatamente um elogio pois acho esse debut da Minzy bem mais ou menos e o debut do IVE foi tão chatinho quanto. Na verdade, “ELEVEN” não difere muito do conceito girlcrush que o K-pop adotou nos últimos anos, sendo uma versão menos barulhenta mas ainda assim derivativa do que outros 50 girlgroups nugu vem lançando por aí, e isso acabou sendo ruim para o IVE.

O ponto forte de “ELEVEN” é a desacelerada que rola antes do refrão, pois foi um recurso muito criativo para elevar a experiência do drop do refrão mais animado e com mais energia, valorizando o mesmo que não é lá grandes coisas mas dá certo no conjunto. Nessa parte eu vejo o famigerado potencial que o grupo tem como equipe, pois é muito agradável e divertido ouvir esse refrão. Já o resto da música é um grande ponto morto, onde a música parece sem conteúdo e os vocais não sustentam sendo tão desinteressantes. É óbvio que tudo foi feito para o refrão explodisse com mais propriedade, mas até chegar nele eu já estava totalmente “tanto faz” para a música e o que aconteceria nela.

“ELEVEN” não é exatamente uma faixa ruim mas, para um debut tão aguardado, o IVE peca por não ter um gostinho sequer de novidade nessa estreia. Você já ouviu várias músicas como “ELEVEN” antes, e talvez demore um pouco para ouvir algo como essa música de novo pois estamos entrando na temporada de natal, mas pode apostar que 2022 vem aí com mais faixas como essa. Se “ELEVEN” fosse uma faixa forte até valeria o esforço mas, depois desse post, eu já estou pronto para botar “Would You Run” do TRI.BE que vale mais a pena nesse quesito.


A b-side desse single de debut é tão mais ou menos quanto o single, então se for para perder tempo com um conteúdo bem meia boca, eu recomendo vocês seguirem o Pop Asiático.jpg no twitter que é bem mais rápido e prático: @popasiaticojpg

8 comentários sobre “IVE é o 28º girlgroup tentando emplacar um girlcrush nugu esse ano com “ELEVEN”

  1. Bom, eu não esperava nada desse grupo, então eu gostei. A mudança do pré-refrão é realmente legal, acho que foi um diferencial interessante para o grupos, mas nada de mais.

    Achei interessante que eles não focaram muito nas ex-izone. Por mais que a center continue sendo a center do grupo, mas gostei do destaque na menina loira que é irmã gêmea da Yoon do Stayc.
    Não sei o que a Coreia achou, mas como tem duas queridinhas lá, com super hyper e orçamento a Coreia pode deitar para elas.

  2. Eu tinha uma expectativa gigante pra esse grupo mas parece que de novo a Starship cagou no pau
    Achei a música extremamente morna e não senti vontade alguma de ouvir de novo, ainda mais tendo ouvido logo após a apocalíptica Pirate do Everglow
    Quanto aos vocais, pelo menos a Wonyoung parece que tá aprendendo a cantar ao invés de só miar como ela fazia no Iz*One, e os vocais da Yujin são muito gostosos de ouvir, o timbre dela é bem característico. A loirinha que ganhou destaque me dá medo, ela parece um robô com esse sorriso e olhar sinistros, creendeuspai

  3. A Wonyoung merecia tanto ter debutado solo, embora o vocal seja seu ponto mais fraco. Mas quem precisa saber cantar quando se tem carisma, aura, visuais, personalidade, e O POVO?

  4. Eu não vou negar que, pra mim, a música é relativamente cansativa e morna, mas o último minuto a eleva a mil potências. Ela vai ficando grandiosa e quando o último refrão explode, eu me arrepiei toda.
    Claro que dava pra fazer melhor, mas eu não acho que elas irão fazer algo diferente disso pelos próximos comebacks.

  5. Bem ruinzinha, vi geral aclamando na minha timeline, mas deve ser por conta da famosinha.
    Parece que a música tá lenta demais…e o mv é só elas dando close por ser visual. Sem graça, sem graça…

  6. foi pra isso que usaram o dinheiro suado das quase million seller wjsn? MICO
    só espero que a starship não cague na cabeça das cósmicas quando o dinheiro dessas aí começar a entrar

Os comentários estão desativados.