RECAP — Performances do Queendom (Round 2)

E aqui estamos com mais um recap do Queendom, comentando as performances do segundo round de apresentações do programa que foram exibidos na semana passada (Recap do Episódio 3 completo aqui) e hoje (Recap do Episódio 4 nesse fim de semana, provavelmemte). No desafio desse round umas tiveram que fazer covers das outras, e seguem abaixo as minhas opiniões do que elas entregaram nas apresentações:

Mamamoo – Good Luck

A ideia de transformar a performance em um mini concert na teoria foi muito boa, com cada uma mostrando suas habilidades e personalidade individualmente e ampliando tudo isso em um grupo poderoso, mas sinto que a execução não foi tão boa assim. Quer dizer, funcionou pelo fato do Mamamoo ser um grupo muito bom e as habilidades das meninas são realmente um entretenimento a parte que dá uma sensação muito boa assistindo, mas a apresentação em si ficou uma bagunça com muita informação rolando rápido demais para uma performance de 4 minutos e meio, e os estilos que elas escolheram não tiveram uma harmonia tão boa assim quando juntaram para a apresentação. Fora que o remix desconfigurou tanto a música original que se ninguém avisa dificilmente ia associar essa apresentação a um remake de Good Luck. Foi uma performance bem legal de assistir mas fiquei com a impressão de que elas estavam fazendo tudo que poderiam fazer em 5 minutos menos o desafio proposto.

AOA – Egotistic

Claro que o hype dessa apresentação ficou por conta dos LGBTQs batendo cabelo, fazendo death drops e sendo sassy lá pela segunda metade da música, mas a apresentação no geral foi muito boa. O AOA foi bem mais fiel ao que o Mamamoo faz como grupo mas ainda conseguiu dar aquele toque delas que deu a identidade do AOA na performance. O mais difícil pra elas seria as interações que as apresentações do Mamamoo normalmente possuem entre si sem perder a concentração na coreografia, mas felizmente elas cagaram pra isso e focaram em fazer uma apresentação bem consistente com um remix maravilhoso. Foi uma ótima performance.

Park Bom – Hann (feat. Cheetah)

Ai gente… É meio complicado falar das performances da Bom pois você vê que ela está bem feliz e curtindo muito esse programa depois de tudo que ela passou naqueles obscuros anos, mas foi tudo bem esquecível aí. Ela tentou muito, aproveitou e tentou botar presença no palco que nem a música pede, mas o figurino dela estava tão pesado que a engolia toda vez que ela se movimentava e Bomzinha ainda me pareceu meio perdida quando ficava no meio das dançarinas. Até a fucking Cheetah conseguiu passar batido na sua participação e tudo ficou muito morno e ok tanto no remix quanto no palco. Não foi uma performance ruim, mas é daquelas que não causa impacto algum no final da apresentação (E tudo passa ainda mais batido quando ela se apresenta entre as duas melhores performances da noite, ela foi literalmente ofuscada).

Oh My Girl – Destiny

O início da performance é meio sonolento e me fez pensar “Ai meu deus mais uma performance capenga delas”, mas do rap pra frente tudo ganhou outra vida e ficou maravilhoso. Esse arranjo tradicional e os hanboks ficaram tudo de bom e os vídeos que passavam nos telões valorizaram muito a performance ao invés de só acabar com a minha visão, pra variar. O break dance é o melhor dessa rodada e toda a performance ficou parecendo uma linda cena de dorama tradicional coreano. Só achei que esses paninhos brancos não deram o efeito desejado e deixou aquela impressão de apresentação de colegial que as fitas deram na primeira apresentação delas, mas pelo menos conseguiram incorporar isso em toda a performance, dessa vez. No geral Oh My Girl foi da água pro vinho com essa apresentação.

(G)I-DLE – Fire

……….Meh. Se na primeira apresentação elas entregaram muita coisa legal e comentável sendo uma das melhores da noite, aqui não temos nada de fato destacável. Tudo muito automático, as mudanças e rearranjos não são lá muito impressionantes, o break também não foi lá essas coisas… Enfim, tudo que deu muito certo no primeiro round acabou funcionando pouco no segundo, e elas me pareceram muito acomodadas numa música com um conceito que se aproxima muito do que o (G)I-DLE costuma fazer. Provavelmente a performance mais safe do programa até aqui, o que mais uma vez não foi bom negócio considerando que todas as outras tentaram trazer algo diferente e único, pelo menos.

Lovelyz – Sixth Sense

Ganham pontos pela audácia em mais uma vez deixarem o vestidinho branco e apostar num conceito militar dessa vez (Vai ser muito bizarro se elas voltarem com a programação aegyo normal depois dessa revolução de imagem que elas vem fazendo no Queendom) e mais pontos ainda por escolherem uma música do Brown Eyed Girls pra fazer cover de uma forma tão fiel ao original, mas a apresentação deixou evidente que “Sixth Sense” não é pra qualquer uma. Vocalmente é uma música muito difícil pelo tom bem característico que o BEG imprime na faixa, tanto que botaram umas 3 meninas pra fazer as linhas da JeA no refrão e as três soaram irritantes, mas tirando isso foi uma apresentação ok que não passa metade da magia que essa música tem com o Brown Eyed Girls mas ainda vale pelo shock value que é o Lovelyz fazendo um cover dessa música. Não mudou tantas vidas quanto poderia, mas definitivamente mudou a perspectiva que a gente pode ter do grupo. E acho que elas podem trabalhar melhor nas performances como um todo, já que é a segunda apresentação que elas simplesmente fizeram um “Ah vamos só usar um conceito oposto ao nosso habitual e botar um break”, mas pelo menos essa ideia funcionou melhor em Sixth Sense do que em Ah-choo.

Normalmente eu comentaria os resultados do round também nesse post mas a mnet fez o favor de revelar as votações completas na semana que vem (Já estou até vendo que esse EP4 vai ser carregadissimo com 3 performances e 1 parte das votações), então ficamos por aqui. Pessoalmente estou torcendo para o AOA levar dessa vez, mas não vou achar tão injusto o Oh My Girl ganhando esse round, mas e para vocês? Deixem nos comentários quem foram as melhores e piores da noite.

15 comentários em “RECAP — Performances do Queendom (Round 2)

  1. AOA e Oh My Girl seriam os maiores merecedores da vitória (o que é uma surpresa no caso do Oh My Girl), mas muito provavelmente o G-IDLE vai ganhar, com o Mamamoo correndo por fora. Posso estar enganado (e espero estar), mas esses reality shows parecem ser mais uma competição de popularidade do que uma avaliação justa do desempenho de cada competidor, então se um grupo já é popular, tanto faz ele dar o máximo de si ou fazer qualquer coisa, ele vai continuar sendo o favorito da competição.

    O lado bom é que, pelo que o Tudocapope tá noticiando, o Queendom tá ajudando os netizens a redescobrirem o AOA, e muita gente que dava as garotas bonitas como mortas depois do escândalo das aulas de História e da saída da Choa agora tá gostando de ver as apresentações delas. Se o programa servir pra FNC voltar a dar pelo menos dois comebacks por ano pra elas, as cinco já estão no lucro.

    Quer dizer, quatro delas estão no lucro; a Seolhyun provavelmente ganha mais dinheiro fazendo comerciais do que gravando músicas. Mas Jimin e as Cremosas precisam dos comebacks.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu já acho que não parece competição de popularidade não, tenho CERTEZA mesmo.
      Duvido que o pessoal que vai la na apresentação vá preferir grupos pequenos (Lovelyz / OMG) e as antigas e cheias de “polêmicas” (AOA / Bom), do que as famosinhas que estão em alta no momento (Mamamoo / (Garotas)da-Soyeon).

      Curtido por 1 pessoa

  2. A melhor para mim foi do AOA por conseguir fazer algo com a personalidade delas sem descaracterizar a música, além da performance ser perfeita.
    A pior foi do G-Idle, Fire é uma música que tem muito a cara do 2ne1 e que metade do impacto é causado pela força que tinham ao performar, e as meninas no cover não conseguiram entregar nem metade dessa força, e o remix foi horrível.
    A Bom eu gostei do remix mas achei bem qualquer coisa a performance.
    Lovelyz achei que elas foram bem até o refrão.
    Do Oh My Girl achei ok, principalmente pela música, mas a performance estava excelente

    Curtido por 1 pessoa

  3. Bom continua me dando um pouco de sono, mas ela tentou um pouquinho mais dessa vez, porém ainda continua sendo a pior da noite pra mim. As melhores mesmo foram OMG eu gostei muito desse clima que elas pegaram para a musica eu realmente gostei mesmo não tendo sido a apresentação mais criativa do mundo… Depois AOA em segundo, Mamamoo em Terceiro( Ficou meio bagunçado, e olha q eu gosto de uma bagunça musical, mas dessa vez eu entendia nada da musica) Lovelyz tentou as bichinhas, mas né…e depois as Idolzentas que fizeram mais do mesmo ( Mas já to vendo nego dizendo q foi a melhor da noite )

    Curtir

    1. AOA pra mim foi muito bem, elas conseguiram transformar Egotistic em uma música “DELAS”. Se tu não conhece a música e assiste a apresentação, passaria batido como algo da discografia das garotas bonitas, de tão natural que foi.
      A remixagem nova ficou ótima, e foi bom elas apostarem em algo mais clean e leve, já que elas não tem o vocal pra gritaria do mamamoo.
      E as bichas se arregaçando foi a cereja do bolo. Amei pelo afronte a familia tradicional coreana em plena TV aberta. Amei pq as gay performaram lindamente. Amei pq as meninas bonitas sempre serão AOA.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Basicamente ISSO.

        Quando eu vi a apresentação do AOA, fiquei surpreso por não me lembrar de uma música tão boa do Mamamoo. Aí fui ouvir a versão original de Egotistic e… bom, concluí que não lembrava dela porque ela realmente não era tão boa (como o Bruno do finado Asian Mixtape diria, “agradável porém esquecível”). A versão do AOA ficou muito, muito melhor.

        Curtido por 1 pessoa

    2. OMG eu achei a apresentação muito bonita, o visual, a dança, ficou lindo demaaaaais.
      A música tbm ficou gostosa de acompanhar, eu até diria que assim como AOA ficou natural, como se a música fosse delas. Porém, tem o caso de que a discografia de OMG e Lovelyz são muito similares, então não é tanto mérito das bonecas né.
      A parte de rap, break dance, e a Yooa dando close por exatamente 5 segundos foram ótimos.
      Se fosse necessário apontar um único defeito, eu diria que é a falta de presença de palco. Mas acredito muito que isso seja mais pelos anos no white aegyo (que retiram toda atitude delas pra tentar transparecer um ar angelical e pueril). Até pq, durante as partes delas no programa, da pra ver que tem umas gatinhas ali bem carismáticas.

      Curtido por 1 pessoa

    3. Lovelyz mandaram bem, conseguiram segurar a música e a atitude (claro que não tão bem quanto BEG faria), mas ainda ficou gostoso de assistir. Da pra ver que elas estão gostando desse lance de girlcrush, sexy etc, então espero que a empresa delas deixe o aegyo de lado e comece a apostar em mais atitude pras gatas.
      Não teve nada de tão UOOOOOW na apresentação como um todo, mas teve um saldo bem positivo pra mim.

      Curtido por 1 pessoa

    4. (G) I-dle foi o que ficou mais na zona de conforto, mas ainda assim saiu como positivo pra mim. Acho muito que pela atitude delas. Soyeon brilha no palco, a presença ali é muito marcante. Yuqi, Minnie e Soojin tbm tem presença bem forte, as mais apagadinhas são Miyeon e Shuhua, mas a primeira tem o fator “era da YG” pra ganhar destaque e a outra é uma VISUAL DO KR@L#O. Então o grupo conseguiu espremer um pouco daquela experiência que era 2NE1. Foi uma boa apresentação, uma pena não ter disponível em mp3 junto com as outras canções, graças a desgraçada da YG.

      Curtir

    5. Park Bom pra mim é um misto de coisas que ajuda e atrapalha na apresentação. Começa pelo remix novo da música que não me agradou muito, a gritaria da Bom la pro final tbm é bem ruinzinha, parece que não combinou. Eu particularmente não acho a voz dela bonita pra solos, funcionava em 2NE1 pq tinha CL e as semi mudas pra ajudar. Da pra ver que ela sofreu um pouquinho na performace, pra conseguir carregar a bagaça, mas ao mesmo tempo é visível o como ela está se divertindo, e a puta presença de palco que a bicha tem. Mesmo rodeada de dançarinos e errando o time do playback e dança, ela ainda consegue brilhar no palco.
      Cheetah foi algo aleatório, mandou uns papapum bem feito, tem ginga e atitude, é bonita, perfeita. Mas pareceu meio gratuito ali, entrou, fez seu papel e saiu. Acho que ficaria muito mais aproveitável se naquele momento a Bom estivesse do lado dela dando uns closes juntas.

      Curtido por 1 pessoa

    6. E Mamamoo foi PÉSSIMO. Também tenho essa opinião de que na teoria a ideia de um “mini concerto” é bacana, mas na prática…
      A música ficou muito picotada. Se ouvir depois só a versão em áudio, é incomodo, estranho. Só funcionou um pouquinho ali por conta do carisma e presença delas.
      Parece que pegaram um monte de retalhos e montaram um megazord todo torto e desconexo.
      Além de que poderiam ter escolhido uma música mais icônica de AOA né….
      No episódio ficaram falando de como as garotas bonitas cantam alto e miado, e elas não alcançam esse patamar. Mas se as good, hot, fresh and fly conseguiram trazer naturalidade pra uma música de vocal forte e marcado, pq elas não poderiam fazer o mesmo?
      Gosto delas, mas nessa apresentação foi um mix que não desce.

      OBS: como a Moonbyul tá magra, por Jah, ela deve ta pesando uns 25 kg. E a Wheein tava sumida né, devia ta na aula com a Cheetah, pq no episódio todo só apareceu pra cantar sua parte e vazou.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s