Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 (Até agora)

Se você é uma gatinha antenada nos mais recentes eventos da blogosfera, deve ter notado que o Lunei começou uma onde os blogueirinhos estão fazendo suas listinhas com as 10 músicas mais legais do 1º semestre. Eu até tentei fazer a minha lista nesse fim de semana, mas acabou que foi mais fácil para mim escolher as 10 músicas mais broxantes do ano até aqui do que as 10 melhores de fato. Será que isso é um sinal de que 2021 está horrível ou eu que estou mais amargo do que nunca?

Enfim, nesse Top Top vou falar sobre as 10 músicas mais pau mole de 2021 no K-pop, sendo aquelas que, como a própria gíria diz, não faz o pau de ninguém subir. Tivemos muita coisa nesse nível esse ano, então será divertido mostrar quais foram as minhas 10 decepções dessa primeira metade do ano (Que podem muito bem sobreviver nessa mesma lista no fim do ano). E começando esse Top 10 temos a mais nova eterna promessa do K-pop que não deslancha nunca:

10º lugar — LOONA – PTT (Paint The Town)

Loona veio com esse comeback no finalzinho do 1º semestre mas já garantiu uma vaga entre as mais broxantes do ano. O motivo? Esse farofão tryhard nunca fez muito por elas, e mesmo que “Paint The Town” seja melhor que os farofões de 2020 do grupo, ainda está longe daquele grupo que encantou milhões de 500 gays de fórum pela internet. OK que o público delas parece estar maior do que nunca, mas é muito decepcionante ver que o Loona deixou de ser um grupo cheio de história e possibilidades para se tornar… Bem, qualquer girlgroup de 2º escalão no K-pop.

9º lugar — SHINee – Don’t Call Me

Falando em grupos que não funcionam no tryhard… Que coisa, hein. SHINee é um grupo completo e extremamente talentoso, mas nada disso salva essa demo horrível do NCT. Eu ouço essa música e simplesmente não tem nada nela que me lembre o SHINee, e eu sinto certa raiva ouvindo esse negócio que beira o tosco se tratando do grupo. “Don’t Call Me” é só o SHINee seguindo uma tendência e sendo extremamente desinteressante nela, mas que bom que eles limparam o meu paladar com a muito boa “Atlantis”.

8º lugar — Mamamoo – Where Are We Now

Acho que ninguém esperava um baladão vocal a essa altura do campeonato para o Mamamoo, mas os eventos recentes (meio que) justificam a existência de “Where Are We Now”. E eu gosto muito dessa música (De longe a minha favorita da lista), mas eu basicamente ouvi essa música para rasgar uma seda nos vocais do grupo e foi só isso mesmo. Se essa for a música onde elas cantam pra subir e vai cada uma pro seu canto, os grupos pop precisam para imediatamente com essa ideia de acabar com um baladão sofrência desses (Ainda mais pelo apelo de grandes gostosas que o Mamamoo tem). Se não for, “Where Are We Now” é só mais uma faixa totalmente dispensável que não faz muito nem pelo maior fã delas.

7º lugar — aespa – Next Level

Boa parte da fanbase já deu aquela deitada para “Next Level” (Incluindo a própria Coreia, que está engolindo essa música a ponto de derrubar o BTS nos charts de lá), mas eu não sou uma delas. Ainda acho “Next Level” abominável, com cada mudança de ritmo cortando o clima da anterior e a música não ligando nada a lugar nenhum. Soma isso a essa letra horrível de guerreiras de Kwangya (E como elas são as principais desse universo o negócio fica ainda mais maçante) e temos uma música difícil de ouvir. Tem muitas coisas que o aespa pode render de interessante, mas música não parece ser uma delas.

6º lugar — Chungha – Bicycle

A Chungha botou as expectativas lá em cima para o Querencia, uma vez que ela botou o nível lá em cima com todos os pré-lançamentos do álbum e, se dependesse deles, ela lançaria o álbum do ano aqui. Mas aí chegou o produto principal, o que lideraria todo esse projeto e botaria a Chungha no topo… E o que recebemos foi esse trapzinho 101 de “Bicycle”. Se o projeto até “Bicycle” fosse mais simples essa música não soaria tão desgostosa, mas “Bicycle” é o pior dos singles do Querencia, não é o melhor trap da Chungha e como música em si é bem dispensável. Broxante sozinha, ainda mais broxante vendo que é A música que lidera o ótimo Querencia.

5º lugar — NCT Dream – Hot Sauce

Se o SHINee lançando uma música ruim do NCT já foi triste, o NCT lançando uma música do NCT foi mais triste ainda. Sabe quando você ouve uma piada e sabe que aquilo é uma piada até perceber que, na verdade, a pessoa está contando algo sério? Então, isso é o comeback do NCT: Se fosse algo sem compromisso até funcionaria, mas eles querem mesmo que eu prove o molho quente deles em meio a uma gritaria e barulheira sem sentido nenhum. Ironicamente essa música e a do aespa conseguiram #1 na Coreia, provando que a SM é mesmo a fodona no quesito “Fazer seus grupos descerem pro povão coreano a todo custo” (Mesmo com o ano menos proveitoso deles até aqui).

4º lugar — Eternity – I’m Real

Qualquer lista de piores músicas do K-pop em 2021 colocaria “I’m Real” do Eternity lá no topo. E eu digo isso sabendo que a fanbase adora fingir em cima de qualquer porcaria de grupo coreano, mas “I’m Real” simplesmente não rola. A música é horrorosa, o processador nos vocais é bizarro, o MV é tenso e o faceapp que eles tentam vender com esse debut é perturbador. Eu vou deixar fora desse Top 3 por levar em conta o fato da empresa por trás disso estar cagando para a música e focar apenas em vender esse trabalho deep fake aí, então um grupo que sequer tentou não merece tanto spotlight nessa lista, mas “I’m Real” é uma das coisas mais aterrorizantes que o K-pop já proporcionou.

3º lugar — ITZY – M.A.F.I.A In The Morning

ITZY nunca foi uma unanimidade na fanbase e é basicamente um dos casos mais pesados de “Ame ou Odeie” no K-pop. Mas para “In The Morning” elas resolveram testar limites e ver até onde os seus fãs podem ir com o grupo, porque que música pavorosa. Parece que pegou qualquer demo de girlgroup querendo bancar a mina fodona sem nenhuma personalidade por 50 reais, deu uma tunada pois o ITZY é um grupo de mais orçamento e fez algo ainda PIOR, e de uma forma que ninguém consegue esquecer pois é um dos grupos mais relevantes dessa nova geração. Eu só queria a nova Wannabe, não é difícil.

2º lugar — EPEX – Lock Down

Nossa, isso aqui é errado em tantos níveis. Se fosse apenas uma música com um tema problemático até dava pra relevar (Até hoje eu finjo horrores com “Nice Body” da Hyomin), mas usar uma salada de assuntos de saúde mental com pandemia, mandar um “Party on lockdown” em um batidão terrível e achar que isso seria algo legal? Em um meio onde K-pop se preocupa (Ou finge se preocupar) cada vez mais com assuntos sensíveis, “Lock Down” acabou sendo um dos debuts mais equivocados dos últimos tempos.

1º lugar — OnlyOneOf – libidO

E o primeiro lugar vai para uma música que levou o termo “Pau Mole” no literal. “libidO” é um trabalho que tenta explorar o tesão alheio com diferentes fetiches e casaizinhos dentro do grupo com a intenção de ser sensual/sexual de forma discreta ou não, mas é tudo tão morto e os integrantes não convencem em nada nesse conceito (Aparentando até desconforto em muitos momentos do vídeo), e a própria música nem é grandes coisas também. Parabéns Jaden Jeong, se estava faltando um #1 na sua carreira depois de tanta apelação, ele chegou com esse post.

Menção honrosa — iKON – At Ease

Fazendo uma menção honrosa ao Kingdom nessa lista (Pois foi cada música naquele programa que minha nossa…) tenho que citar essa “At ease” do iKON. É a pior música do programa? Chocantemente não. É a música que a cada segundo eu sinto a minha alma indo embora de tamanho desgosto? Absolutamente sim. E pior que pensar “Nossa senhora que troço chato” é saber que a YG deve ter umas 30 dessas prontas para desovar em seus outros grupos. Forças para os stans dessa empresa, forças.

Siga o blog no twitter (@popasiaticojpg) e/ou faça um pix para alimentar o blogueiro por trás de toda essa bagunça (Chave: dougielogic@gmail.com). Assim, você segue acompanhando toda vez que eu descer o pau em algum grupo de K-pop (Ou em vários, usando esse post como exemplo) e ainda me ajuda a bancar meu pacote de pipoca semanal. Que delícia, né?!

5 comentários em “Top Top.jpg: As 10 músicas mais pau mole do K-pop em 2021 (Até agora)”

  1. Concordo com boa parte da lista. Colocaria em #1 essa do itzy (pra alguém dizer que gostou disso tem que fingir bastante)
    Só tiraria PTT (tirado o refrão da pra descer) e next level pq é uma droga que a gente sabe que faz mal, mas continua usando (pontos para SM por isso)
    E acrescentaria sem dúvidas Celebrity da IU, essa música é muito ruim, parece descarte de algum álbum do Zedd.
    Ainda bem que ela se redimiu com Lilac

    Curtir

  2. Eu não me conformo com os hits de Hot Sauce e de MAFIA de Manhã! Se fossem nugus lançando a mesma música, ninguém iria ligar, mas como é da big3 aí vira hit. O que me incomoda desses trecos serem hit é que o kpop todo copia até cansar (como se eles não soubessem que não adianta nada fazer essas cópias)…

    Curtir

  3. O mais chocante e que tem musica ai que a coreia realmente amou……
    mafia e horrenda eu odeio tanto essa musica aqueles “re te te te te” com a voz irritante aaaaaaaaaaaa, o que eu te fiz de ruim itzy?

    Curtir

  4. A primeira coisa que pensei quando li o título_ eita, mas já tem?_
    Depois quando vi a do Loona logo depois já concordei totalmente_ o pior que geral tá deitando pra isso, os fãs fundo de quintal, porque não sei a Coreia_
    E claro, concordo com a lista inteira.
    PS. Quando chegar no final do ano, será que teremos mais músicas desse estilo insosso?

    Curtir

Os comentários estão desativados.