Year End 100: As melhores músicas de 2021 no Asian Pop (Parte 6)

Já era para eu ter terminado essa lista de melhores músicas de 2021 há muito tempo, mas aí fiquei doente, o trabalho me cansou e eu sou uma pessoa muito fácil para me distrair enquanto publico posts muito grandes, e tudo isso acabou atrasando as coisas. Mas agora esse atraso vai ACABAR, pois tenho dois dias de folga e estou pronto para publicar o que falta dessa icônica lista de melhores músicas do ano. Nesse post temos as barradas do Top 10, com músicas que são maravilhosas mas que faltaram um pouquinho para definir 2021 para mim, e vocês vão ver mais 15 músicas icônicas sendo mencionadas por esse blog AGORA:

25. IU -Lilac

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas do Asian Pop em 2021 (Parte 3)

Entre a última parte desse Top 100 e hoje o blog conseguiu ampliar seu público com leitores que ficaram emocionados com a minha capacidade de esculhambar 19 farofas diferentes para descer o pau em uma música do Kep1er. Então essa terceira parte do Top 100 é mais um teste para ver se esse público segura a minha mão quando falo BEM de músicas ou só vão frequentar aqui quando o pau tiver torando na timeline. Além disso, mais 15 músicas muito legais de 2021 são mencionadas nessa parte, e alguma delas com certeza vai agregar sua playlist porque olha, muitas flopadas são mencionadas nessa parte:

70. Yu Serizawa with DJ KOO & MOTSU – Everybody! Everybody!

Leia mais »

Top Top.jpg: 10 hinos feministas do Asian Pop que empoderaram toda uma nação de gays

Uma regra máxima da música pop é que as divas pop são o grande exemplo de caráter e personalidade que gays ao redor do mundo usam para moldar suas personas, mostrar independência e poder diante da nossa sociedade homofóbica, pois são elas que nos dão força com suas músicas empoderadas e feministas sobre sermos nós mesmos e não temermos nenhum macho opressor. Para celebrar isso, o Top Top.jpg vem aqui com 10 hinos feministas que empoderaram diversos gays em um mundo que é cada vez mais difícil ser uma minoria transgressora. A chuva de lacres, autoestima e fechos na cara da sociedade começa AGORA:

10º lugar — Chungha – Chica

Leia mais »

Top Top.jpg: 10 hinos asiáticos feitos pelas madrinhas dos gays

Junho chegou, e isso significa que é #PrideMonth! Um mês onde ser hetero é ilegal, e a comunidade LGBTQIA+ é celebrada e amada pelo menos um mês enquanto ainda luta por direitos básicos e de igualdade e respeito na sociedade. Muitos conteúdos estão sendo feitos para celebrar o Pride Month, e esse post é feito para celebrar isso de uma forma que gays amam celebrar: Com uma playlist safadíssima de divas pop que são adotadas como as madrinhas dos gays. Prontos para um festival de fritação, purpurina, brilho, voguing e closes certos? Então siga lendo esse Top Top!

Antes de tudo um disclaimer: Não vejam esse post como uma espécie de “Olimpíadas de quem fez mais pelos LGBTQIA+”, mas sim um post para divulgar músicas maravilhosas de artistas que são aclamadas e adoradas pela comunidade. Sabemos como as divas pop são amadas pelos gays pelos seus trabalhos ousados e fora da curva, e esse post tem a intenção de realçar todo esse trabalho e a simbologia dessas artistas como ícones pop e aliadas da comunidade. Com isso dito, vamos começar esse Top Top com ela:

10º lugar — BoA – Hurricane Venus

Leia mais »

Review Retrô: Quando algumas músicas asiáticas “viraram” singles da Wanessa Camargo no “DNA” (2011)

Isso aqui não é bem uma review, mas mais como uma curiosidade mesmo: Vez ou outra o DNA, emblemático álbum engrish de farofas da Wanessa Camargo (Que nesse CD era só Wanessa), ressurge como assunto na internet, e a parte mais cacurinha da fanbase que se ligava tanto em gatinhas do K-pop quanto na Wanessa fervendo com o público gay (= eu e umas 4 pessoas que sigo no twitter) faz questão de lembrar como “Sticky Dough” já era uma música do f(x) antes de “virar” um single da Wanessa. Muita gente não conhece nada dessa história, então esse post vem dar uma luz nessa era em que a brasileira decidiu fazer tudo pelas relações exteriores do nosso país:

Leia mais »

Year End 100: As melhores músicas do asian pop em 2020 (Parte 6)

E aí, gatinhas, como passaram o ano novo? Passaram muita vergonha? Eu fiquei sozinho em casa mas bebi tanto e fiquei tão louco que fui e voltei de Chromatica em uma madrugada. Ou seja, me diverti horrores, e espero que vocês também. Então, feriados passados, vamos dar continuidade ao nosso Top 100 de melhores músicas no Asian Pop em 2020, agora com a clássica parte das barradas do Top 10. Essas 15 músicas foram incríveis na minha playlist e por pouco não chegaram lá, mas ainda merecem toda a aclamação possível. E, começando mais uma série de hinos do asian pop, temos a grande unit de 2020 no meu coração:

25. Refund Sisters – Don’t Touch Me

Leia mais »

PLAYLIST: Best of 201x #2

E o fim desse mês de fevereiro com um dia a mais que o habitual chegou, e com ele a segunda parte da minha ambiciosa playlist elegendo as melhores músicas que os anos ’10 desovaram pra gente… Ou simplesmente o que domina a minha playlist na última década. Será se a sua favorita já aparece aqui ou só vai dar as caras lá pros próximos meses desse ano mesmo?! Confira a 2ª parte depois da playlist no spotify que você pode conferir logo abaixo:

Leia mais »